Uploaded with ImageShack.us

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Morte vil

Apagaram a luz.
Mataram todos os poetas,
Fecharam todas as portas

Gritei! É tão frio aqui
Olhei, mas não consegui ver.
Chorei, sem ninguém perceber.

O silêncio entre mim e ti
É tão terrível desventura
Parece contemplar cruel tortura

O aqui é tão denso e absorto
E seu descaso me escurece
Arranca-me de mim e fere

Mataram a luz.
Fecharam todos os poetas,
Apagaram todas as portas

Olhei, é tão frio aqui
Chorei, mas não consegui ver.
Gritei! Sem ninguém perceber.

                                                 Lucas Macedo

Um comentário:

  1. Belíssimo texto e novo blog meu caro! Abraços do poeta Fabuloso.

    ResponderExcluir